Graduação

Bacharelado em Musicoterapia

Modalidade: Presencial

O Curso de Musicoterapia tem sua raiz em um modelo teórico-prático, em cujo centro está a interação entre o sujeito e a música em um processo de terapia – musicoterápico – com vistas à integração do ser humano na sociedade, com o propósito de ajudá-lo a atingir e manter seu nível máximo de qualidade de vida.

Saiba mais

Apresentação

O Curso de Musicoterapia tem sua raiz em um modelo teórico-prático, em cujo centro está a interação entre o sujeito e a música em um processo de terapia – musicoterápico – com vistas à integração do ser humano na sociedade, com o propósito de ajudá-lo a atingir e manter seu nível máximo de qualidade de vida. Um conjunto de princípios gerais norteia a formação em Musicoterapia.  Esses princípios remetem: à formação que desenvolve um forte compromisso com uma perspectiva científica, à sustentação de uma rigorosa postura ética e à garantia de uma visão abrangente e integrada dos processos musicoterápicos, permitindo uma ampliação dos impactos sociais dos serviços prestados à sociedade, e ao desenvolvimento de um profissional detentor de uma postura pró-ativa em relação ao seu contínuo processo de capacitação e aprimoramento. O Curso pretende preparar um ou uma profissional egresso/a com habilidades e competências que lhe garantam tornar-se um/a agente de mudanças, que buscará beneficiar e reintegrar as pessoas às quais prestará atendimento musicoterápico. 

O Bacharelado em Musicoterapia da Faculdades EST iniciou suas atividades no primeiro semestre de 2003 e em seu último reconhecimento de Curso pelo MEC obteve nota máxima – cinco (em uma escala de um a cinco).  O Curso teve sua renovação de reconhecimento pela Portaria n.º 601, de 14 de novembro de 2013, publicada no Diário Oficial da União.  

A graduação, única na região de Santa Catarina e Rio Grande do Sul é oferecida no campus da Faculdades EST, na modalidade presencial, no turno noturno, com carga horária de três mil e duzentas (3.200) horas. Para a integralização do Curso, o tempo mínimo previsto é de oito (8) semestres, cursados em quatro (04) anos e o tempo máximo de até dezesseis (16) semestres, referentes a oito (8) anos.  O regime de matrícula é semestral, por componente curricular quantificado em créditos. Recomenda-se que para conclusão do Curso no tempo máximo previsto sejam cursados semestralmente, no mínimo, doze créditos.  

O ingresso é semestral, por processo seletivo.  As inscrições são realizadas duas vezes por ano, Cf. Edital. Geralmente em dezembro, para as vagas referentes ao primeiro semestre, e em julho, para as vagas referentes ao segundo semestre. O acesso ao Curso também poderá se dar pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) que oferece bolsas integrais e parciais. Para participar da seleção é obrigatória a participação no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).  Há a possibilidade de utilização do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio como forma de seleção para ingresso no Curso, inclusive como forma de cumprimento da exigência relativa à prova de redação em língua portuguesa.

Mercado de trabalho e diferenciais

N a década de 1970 iniciou-se no Brasil a formação de musicoterapeutas em nível de graduação. Após três décadas, a Faculdades EST decide investir na utilização clínica da e na música e, o Sul começa a formar profissionais graduados e graduadas oferecendo uma sólida e reconhecida formação clínica e musical para o exercício em Musicoterapia.

A Musicoterapia é uma prática aonde o/a profissional intervém na música, pelo uso da música, do som ou do silêncio e de seus elementos com propósitos terapêuticos. O/a musicoterapeuta interfere com objetivos de desenvolver, reabilitar, recuperar ou com propósitos preventivos em clínicas, instituições de saúde, empresas, escolas e com diferentes públicos.

Para atender as demandas preconizadas pelos três níveis de atenção à Saúde - promoção, prevenção, tratamento e reabilitação dos agravos à saúde - cresce a procura por musicoterapeutas para atuar em escolas regulares, em unidades básicas de Saúde, Postos de Saúde, em Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), porta de entrada do Sistema Único de Saúde; em clínicas particulares (tratamento do transtorno do espectro autista, da drogadição, reabilitação física, neurológica, transtornos emocionais, distúrbios de aprendizagem, entre outras patologias), e em unidades de hospitais gerais (a exemplo de serviços psiquiátricos, pediátricos, oncológicos, de hemodiálise, cardiológicos, no acompanhamento de partos, unidades de terapia intensiva). Portanto, o/a profissional graduado/a atua no atendimento às pessoas com necessidades especiais - de natureza física, e/ou intelectual e/ou emocional e/ou psíquica - em classes especiais, em escolas regulares que contemplem a acessibilidade, em clínicas, instituições, hospitais gerais,  penitenciárias,  APAES, além de ONGs e em outros espaços de promoção da cidadania e bem estar social.

 Esta habilitação é oferecida por uma graduação que se ocupa com a formação do e da musicoterapeuta, direcionada tanto para a prática clínica, como para lecionar ou atuar na gestão de clínicas especializadas.  Para isso, a Faculdades EST, além de seus 70 anos de tradição e excelência no ensino, pesquisa e extensão,  (níveis técnicos, graduação e pós-graduação), compromete-se com a formação ética e profissional oferecendo um renomado corpo docente para lecionar nas áreas da Educação, Música, Saúde e das Humanas

Uma graduação híbrida das áreas da Saúde e da Música habilita o egresso e a egressa para fazer concursos públicos - SUS e praticar a clínica musical, inclusive em processos de inclusão social contemplada pela legislação para o ensino regular das redes pública e privada. Busca-se desenvolver com o ou a discente um conjunto de habilidades que unidas geram competências essenciais para apráticaprofissional. Essa prática deve estar alicerçadaemconhecimentoscientíficoseemumaposturadepesquisa.  Osaspectospriorizados no Curso para o alcance de competências musicoterapêuticas configuram a diversidade deperspectivasteóricas e metodológicas no estudo dosfenômenossocioculturais, musicais epsicológicosesuasmúltiplasinterfacesteóricas e metodológicascomasciênciasdavidaecomasciênciasmédicas, humanas esociais.

O egresso ou a egressa desenvolverá a competência necessária para ser um terapeuta msuical. Com a titulação poderá lecionar em cursos de extensão ou cursos livres oferecidos por instituições particulares.  Poderá participar de concursos públicos que exigem como formação mínima uma graduação na área. Poderá atuar em projetos de inclusão social ou em programas socioculturais com ênfase na Música. Musicoterapeutas são solicitados e solicitadas a coordenar e/ou atuar diretamente em projetos socioculturais promovidos por organizações não governamentais (ONGs).  O Curso possibilita que seus  egressos e seus egressas atuem em projetos de Inclusão, usando a música como recurso facilitador de comunicação e de inserção social.

Os campos de atuação é irrestrito, a cada momento novas possibilidades se apresentam, desde a execução de projetos com gestantes e bebês,  em lares para idosos, em escolas que trabalham com a inclusão escolar, com grupos vocais e/ou instrumentais promovidos por associações, entre outras tantas oportunidades de ação que contemplem a Música como a melhor forma de comunicação não verbal. Com mercado de trabalho em expansão, o tratamento musicoterapêutico está inserido no rol de indicações terapêuticas recomendadas por médicos/as aos seus pacientes, movimento que sinaliza para a ampliação das relações de musicoterapeutas junto a profissionais da área da Saúde.


Diferenciais

  • Única Clínica-escola de Musicoterapia do RS, sediada no campus da EST, oferece à comunidade interna e externa atendimentos musicoterapêuticos gratuitos.
  • No perfil profissional do e da musicoterapeuta, a formação define como ponto de partida, a sólida formação musical e terapêutica como instrumentos essenciais para a intervenção na sociedade, entendendo que é sobre estas bases que se constroem as competências e habilidades exigidas de profissionais da Musicoterapia.
  • Ênfase na sólida formação musical dos futuros e futuras musicoterapeutas, considerando-se que a música é a principal comunicação não verbal usada no exercício profissional.
  • Estudo do instrumento musical (a exemplo de Bateria, Canto, Guitarra, Piano, Saxofone, Teclado, Violão) nos oito semestres do Curso.  
  • Programa de Nivelamento Musical gratuito oferecido semestralmente aos discentes que necessitam de um acompanhamento individual para a aprendizagem musical ou do instrumento musical eleito.
  • Práticas musicoterápicas e estágios supervisionados ao longo do Curso, proporcionados a partir do terceiro semestre, na Clínica-escola de Musicoterapia e em locais conveniados que oferecem serviços em Musicoterapia.
  • Big band Gingapraquê -  Conjunto instrumental institucional com ênfase na inclusão social, sob a direção deDaniel Hunger.
  • Coral EST – Conjunto vocal institucional sob a regência de João Paulo Sefrin e preparação vocal de Lúcia Passos.
  • Corpo docente com reconhecida experiência profissional na área de atuação e na docência no ensino superior.
  • Laboratórios especializados para a composição musical e estúdio de gravação/multimídia à disposição da formação pedagógica. 
  • Abordagem musicoterapêutica com ênfase na Acessibilidade.
  • Possibilidade de cursar componentes curriculares concomitantes oferecidos pela Licenciatura em Música.
  • Acervo bibliográfico na área atualizado com acesso ao Portal Periódicos CAPES.
  • Localização privilegiada, próxima à Estação São Leopoldo/Trensurb, com transporte gratuito da Estação ao campus da Faculdades EST nos horários de início e término das atividades letivas.
  • Estacionamento gratuito no campus.
  • Possibilidade de moradia no Campus, em alas distintas - feminina e masculina, com investimento subsidiado.

 

Investimento, financiamento e bolsas

O

O valor do crédito é reajustado anualmente conforme  deliberação  do  Conselho  de  Administração  da  Faculdades  EST. O valor do crédito para o ano de 2017 é de R$ 460,00, parcelado em cinco (05) vezes no semestre, conforme a data da matrícula. O  crédito  financeiro  ou  a quantidade de  horas contratadas  são medidas estabelecidas para o cálculo do valor das parcelas, sendo que UM (01) crédito equivale  a  Quinze (15)  horas.

Acompanhe a simulação:

Créditos contratados Horas no semestre Investimento do semestre Valor mensal da parcela
01 crédito 15 horas R$ 460,00 5 X R$ 92,00
02 créditos 30 horas R$ 920,00 5 X R$ 184,00
04 créditos (uma noite) 60 horas R$ 1.840,00 5 X R$ 372,00
08 créditos (duas noites) 120 horas R$ 3.680,00 5 X R$ 736,00
12 créditos (três noites) 180 horas R$ 5.520,00 5 X R$ 1.104,00
16 créditos (quatro noites) 240 horas R$ 7.360,00 5 X R$ 1.472,00
20 créditos (cinco noites)

300 horas R$ 9.200,00 5 X R$ 1.840,00

 

O Programa Universidade para Todos (Prouni) concede bolsas de estudo integrais e parciais para o Curso, por ser uma graduação oferecida em uma instituição de ensino superior privada. É dirigido aos egressos e às egressas do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais, com renda familiar per capita máxima de três salários mínimos. Os candidatos e as candidatas são selecionados e selecionadas pelas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) conjugando-se o mérito daqueles e daquelas com melhores desempenhos acadêmicos.

Ainda há possibilidade de financiamento do estudo pelo Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) - programa do Ministério da Educação que financia graduações não gratuitas e com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

Ingresso

O ingresso ao Curso se dá mediante:

a)   Processo Seletivo – consta de uma redação na Língua Portuguesa.  Os conhecimentos musicais dos candidatos serão avaliados após o ingresso no Curso e antes de iniciar o semestre letivo.  Aqueles e aquelas que demonstrarem proficiência musical compatível com os pré-requisitos dos níveis iniciais do Curso serão autorizados a cursar o eixo musical, estruturação musical e práticas interpretativas.  Discentes sem conhecimento musical sistematizado serão recomendados a cursar o Programa de Nivelamento Musical, oferecido gratuitamente, em horário vespertino, reeditado a cada semestre. As horas cursadas podem ser validadas para o currículo como parte das Atividades Acadêmicas Complementares (AAC).

b)   Transferência de Curso – O aluno ou aluna que estiver cursando regularmente outra graduação de área de conhecimento afim, na Faculdades EST ou em qualquer outra instituição de ensino superior, poderá solicitar transferência de seu curso para o Bacharelado em Musicoterapia. Mesmo não havendo necessidade de realizar o Processo Seletivo, os futuros e futuras discentes serão avaliados e avaliadas quanto aos seus conhecimentos musicais. Para que a transferência de graduação seja viável, o Curso deverá ter vagas disponíveis.  A documentação necessária para efetivar este processo encontra-se à disposição na Secretaria Acadêmica da Faculdades EST das e dos interessados.

c)   Ingresso de Diplomado/a – quem já possui uma graduação, em qualquer área de conhecimento, pode solicitar ingresso no Curso, sem passar pelo Processo Seletivo.  Da mesma forma, as e os graduados serão musicalmente avaliados/as antes de iniciarem seus estudos. Além da apresentação do diploma, em nível superior, será exigido o histórico escolar.  Componentes curriculares já cursados e listados no histórico escolar poderão ser validados, desde que cumpram os requisitos previstos na forma da Lei.

d)   As e os egressos dos cursos Técnicos em Música, ESEP, da Faculdades EST, estão isentos da avaliação musical prévia, sendo a eles e a elas concedidos a oportunidade de realizar prova de proficiência – eixo musical – para avanço de nível.  

O acesso ao Curso poderá se dar pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), programa do Ministério da Educação que oferece bolsas integrais e parciais para discentes regularmente matriculados/as na Faculdades EST. Para participar da seleção é obrigatória a participação no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Inscrições: São realizadas duas vezes por ano. Geralmente em janeiro, para as vagas referentes ao primeiro semestre, e em julho, para as vagas referentes ao segundo semestre. Ainda há a possibilidade de utilização do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio como forma de seleção para ingresso no curso superior, inclusive como forma de cumprimento da exigência relativa à prova de redação em língua portuguesa.

Documentos


Corpo docente


Titulação máxima: Mestrado

Titulação máxima: Mestrado

Titulação máxima: Mestrado

Currículo Lattes

Titulação máxima: Doutorado

Currículo Lattes

Titulação máxima: Especialização

Currículo Lattes

Titulação máxima: Doutorado

Currículo Lattes

Titulação máxima: Doutorado

Currículo Lattes

Titulação máxima: Mestrado

Currículo Lattes

Titulação máxima: Mestrado

Titulação máxima: Especialização

Titulação máxima: Especialização

Currículo Lattes

Estrutura curricular


A estrutura curricular do Curso é composta por três mil e duzentas (3.200) horas para cinquenta e dois (52) componentes curriculares obrigatórios, perfazendo um total de cento e cinquenta e dois (152) créditos obrigatórios, cento e oitenta (180) horas destinadas para os componentes curriculares optativos, perfazendo um total de doze (12) créditos, sessenta (60) horas para o Trabalho de Conclusão de Curso, quatrocentos e oitenta (480) horas para os estágios curriculares supervisionados e duzentas (200) horas para as atividades de caráter complementar (AAC), nas quais estão contempladas atividades de extensão e de pesquisa.

Parceiros

O Bacharelado em Musicoterapia possui parceria com diversas instituições conveniadas da região do Vale do Rio dos Sinos e da região metropolitana para a realização de estágios e práticas clínicas supervisionadas.

A Associação de Musicoterapia do Rio Grande do Sul (AMT-RS), órgão de representação a nível estadual, é uma importante parceira do curso na realização de fóruns e eventos ligados a divulgação e desenvolvimento da profissão de musicoterapeuta. Ela é filiada a União Brasileira das Associações de Musicoterapia do Brasil (UBAM). Sua sede está localizada no campus da Faculdades EST. 

  • Complexo Hospitalar Santa Casa de Misericórida – Porto Alegre
  • Hospital Psiquiátrico São Pedro – Porto Alegre
  • Escola Sinodal de Educação Profissional (ESEP)
  • Clínica-escola de Musicoterapia da Faculdades EST
  • Lar Moriá – São Leopoldo
  • Pingo de Gente – Centro de Educação Infantil/NH (Estágios com bebês e crianças)
  • Projetos de Ação Social da Faculdades EST (Diversidade)

Clínica de Musicoterapia

A

Clínica de Musicoterapia da Faculdades EST oferece um tratamento individual ou em grupo, trabalhando simultaneamente o bem estar físico, emocional e mental de crianças, adolescentes e adultos.

Nossa equipe é formada por acadêmicos-estagiários do curso de Musicoterapia com supervisão de vários professores. É a única clínica-escola de Musicoterapia dos Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

A Clínica foi projetada com uma sala para terapia devidamente equipada, climatizada e tratada com isolamento acústico. Está localizada dentro do campus da Faculdades EST, em uma área verde com estacionamento próprio.


Pré-requisitos

Para ser atendido na Clínica, o indivíduo terá que passar por uma triagem. Após o levantamento de dados e a identificação das necessidades clínicas, será feita uma avaliação para posterior encaminhamento para terapia.


Horário de atendimento

De segunda à sexta-feira, a partir das 8:15h até às 12h e das 13:15h às 17:30h (consulte a disponibilidade de horários e o investimento da consulta).


Saiba mais

Clínica de Musicoterapia da Faculdades EST
Rua Amadeo Rossi, 467 - Morro do Espelho
93030-220 - São Leopoldo/RS
Fone: (51) 2111-1407
Contato: clinicamusicoterapia@est.edu.br

por

Ficou interessado/a neste curso?

Fique por dentro de tudo o que acontece no Bacharelado em Musicoterapia. Preencha o seu endereço de e-mail no campo ao lado para que possamos lhe enviar mais informações. Prometemos não enviar SPAM´s nem tampouco divulgar o seu endereço para terceiros.

Coordenação


Coordenação

Coordenadora: Laura Franch Schmidt da Silva é Licenciada em Música (UFRGS), especialista em Musicoterapia (Universidade FEEVALE), mestre em Música – Educação Musical (UFRGS), doutora em Teologia – Educação e Música (PPG/EST). Implantou e consolidou o Bacharelado em Musicoterapia e a Licenciatura em Música (Faculdades EST).

Docente no curso de Licenciatura em Música, no Bacharelado em Musicoterapia e no Mestrado Profissional. Na extensão promove e coordena cursos e atividades musicais. Como pesquisadora, integra o grupo Música, Educação e Saúde (MusEduS), na coordenação da linha de pesquisa “Linguagem Musical”.

Currículo Lattes

Central de Relacionamento


(51) 2111-1400
(51) 9 9871-7685
relacionamento@est.edu.br
faculdades..est
faculdadesest