Graduação

Licenciatura em Música

Modalidade: Presencial

A Licenciatura em Música da Faculdades EST iniciou suas atividades em julho de 2011 e em seu primeiro reconhecimento de Curso pelo MEC obteve nota máxima – cinco (em uma escala de um a cinco). O Curso foi reconhecido pela Portaria n.º 301, de 08 de julho de 2016, publicada no Diário Oficial da União em 11 de julho de 2016.

Saiba mais

Apresentação

A Licenciatura em Música da Faculdades EST iniciou suas atividades em julho de 2011 e em seu primeiro reconhecimento de Curso pelo MEC obteve nota máxima – cinco (em uma escala de um a cinco). O Curso foi reconhecido pela Portaria n.º 301, de 08 de julho de 2016, publicada no Diário Oficial da União em 11 de julho de 2016.

A graduação é oferecida no campus da Faculdades EST, na modalidade presencial, no turno noturno, com carga horária de três mil e duzentas (3.200) horas, Cf. Resolução CNE N. 2, de 1º de julho de 2015. Para a integralização do Curso, o tempo mínimo previsto é de oito (8) semestres, cursados em quatro (04) anos e o tempo máximo de até dezesseis (16) semestres, referentes a oito (8) anos. O regime de matrícula é semestral, por componente curricular quantificado em créditos. Recomenda-se que para conclusão do Curso no tempo máximo previsto sejam cursados semestralmente, no mínimo, doze créditos.

O ingresso é semestral, por processo seletivo. As inscrições são realizadas duas vezes por ano, Cf. Edital. Geralmente em dezembro, para as vagas referentes ao primeiro semestre, e em julho, para as vagas referentes ao segundo semestre. O acesso ao Curso também poderá se dar pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) que oferece bolsas integrais e parciais. Para participar da seleção é obrigatória a participação no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Há a possibilidade de utilização do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio como forma de seleção para ingresso no Curso, inclusive como forma de cumprimento da exigência relativa à prova de redação em língua portuguesa.

Mercado de trabalho e diferenciais

C om a homologação da Lei nº 11.769, um novo cenário da educação brasileira abre as portas para boas oportunidades àqueles e àquelas profissionais que possuem uma formação pedagógica adequada para atuar na docente da Música, como a que é oferecida pela Faculdades EST. Para atender as exigências legais, cada vez mais as escolas procuram ter em seu quadro profissional um professor ou uma professora habilitada para lecionar Música. Esta habilitação é oferecida por uma graduação que se ocupa com a formação do professor e da professora de Música, direcionada tanto para o ensino regular (níveis fundamental e médio) como para lecionar ou atuar na gestão de escolas especializadas. Para isso, a Faculdades EST, além de seus 70 anos de tradição e excelência no ensino, pesquisa e extensão, (níveis técnicos, graduação e pós-graduação), compromete-se com a formação ética e profissional oferecendo um renomado corpo docente para lecionar nas áreas da Educação, Música, Saúde e das Humanas

Uma graduação de natureza pedagógica habilita o egresso e a egressa para fazer concursos públicos e atuar legalmente como docente de Música no ensino regular das redes pública e privada. Busca-se desenvolver com o ou a discente um conjunto de habilidades que unidas geram competências essenciais para a prática profissional. Essa prática deve estar alicerçada em conhecimentos científicos e em uma postura de pesquisa. Os aspectos priorizados no Curso para o alcance de competências musicopedagógicas configuram a diversidade de perspectivas teóricas e metodológicas no estudo dos fenômenos socioculturais, musicais e psicológicos e suas múltiplas interfaces teóricas e metodológicas com as ciências da vida e com as ciências médicas, humanas e sociais.

O egresso ou a egressa desenvolverá a competência necessária para ser um professor ou uma professora de Música. Com a titulação poderá lecionar em cursos Técnicos, de extensão ou cursos livres oferecidos por instituições particulares. Poderá participar de concursos públicos que exigem como formação mínima uma graduação. Poderá lecionar aulas de música em escolas particulares da Região que oferecem musicalização de crianças, jovens, adultos e idosos, ensino de instrumentos musicais e da linguagem musical, e atuar em projetos de inclusão social ou programas socioculturais com ênfase na Música. Professores e professoras de Música são solicitados e solicitadas a coordenar e/ou atuar diretamente em projetos socioculturais promovidos por organizações não governamentais (ONGs). O Curso possibilita que seus egressos e seus egressas atuem em projetos de Inclusão, usando a música como recurso facilitador de comunicação e de inserção social.

Os campos de atuação para a docência e o exercício da Música é irrestrito, a cada momento novas possibilidades se apresentam, desde a execução de projetos de produção musical, em programas musicais com gestantes e bebês, em lares para idosos, em escolas que trabalham com a inclusão escolar, com grupos vocais e/ou instrumentais promovidos por associações, entre outras tantas oportunidades de ação que contemplem a Música.


Diferenciais

  • Estudo do instrumento musical (a exemplo de Bateria, Canto, Guitarra, Piano, Saxofone, Teclado, Violão) nos oito semestres do Curso.
  • Práticas pedagógicas e estágios supervisionados ao longo do Curso, oferecidos desde o primeiro semestre. Destaque para o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), com atuação de dez bolsistas em escolas da rede municipal. 
  • Ênfase na sólida formação musical dos futuros e futuras docentes. 
  • Programa de Nivelamento Musical gratuito oferecido semestralmente aos discentes que necessitam de um acompanhamento individual para a aprendizagem musical ou do instrumento musical eleito.
  • Big band Gingapraquê -  Conjunto instrumental institucional sob a direção deDaniel Hunger.
  • Coral EST – Conjunto vocal institucional sob a regência de João Paulo Sefrin e preparação vocal de Lúcia Passos.
  • Corpo docente com reconhecida experiência profissional na área de atuação e na docência no ensino superior.
  • Laboratórios especializados para a composição musical e estúdio de gravação/multimídia à disposição da formação pedagógica. 
  • Abordagem musicopedagógica com ênfase na Acessibilidade.
  • Possibilidade de cursar componentes curriculares concomitantes oferecidos pelo Bacharelado em Musicoterapia.
  • Acervo bibliográfico atualizado com acesso ao Portal Periódicos CAPES.
  • Localização privilegiada, próxima à Estação São Leopoldo/Trensurb, com transporte gratuito da Estação ao campus da Faculdades EST nos horários de início e término das atividades letivas.
  • Estacionamento gratuito no campus.
  • Possibilidade de moradia no Campus, em alas distintas - feminina e masculina, com investimento subsidiado.

Investimento, financiamento e bolsas

O valor do crédito é reajustado anualmente conforme  deliberação  do  Conselho  de  Administração  da  Faculdades  EST. O valor do crédito para o ano de 2017 é de R$ 460,00, parcelado em seis (06) ou cinco (05) vezes no semestre, conforme a data da matrícula. O  crédito  financeiro  ou  a quantidade de  horas contratadas  são medidas estabelecidas para o cálculo do valor das parcelas, sendo que UM (01) crédito equivale  a  Quinze (15)  horas.

Acompanhe a simulação:

Créditos contratados Horas no semestre Investimento do semestre Valor mensal da parcela
01 crédito 15 horas R$ 460,00 6 X R$ 76,67
02 créditos 30 horas R$ 920,00 6 X R$ 153,34
04 créditos (uma noite) 60 horas R$ 1.840,00 6 X R$ 306,67
08 créditos (duas noites)

120 horas R$ 3.680,00 6 X R$ 613,34
12 créditos (três noites)

180 horas R$ 5.520,00 6 X R$ 920,00
16 créditos (quatro noites)

240 horas R$ 7.360,00 6 X R$ 1.226,67
20 créditos (cinco noites)

300 horas R$ 9.200,00 6 X R$ 1.533,34


O Programa Universidade para Todos (Prouni) concede bolsas de estudo integrais e parciais para a Licenciatura em Música, por ser uma graduação oferecida em uma instituição de ensino superior privada. É dirigido aos egressos e às egressas do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais, com renda familiar per capita máxima de três salários mínimos. Os candidatos e as candidatas são selecionados e selecionadas pelas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) conjugando-se o mérito daqueles e daquelas com melhores desempenhos acadêmicos.

Ainda há possibilidade de financiamento do estudo pelo Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) - programa do Ministério da Educação que financia graduações não gratuitas e com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

Ingresso

O ingresso ao Curso se dá mediante:

a)   Processo Seletivo – consta de uma redação na Língua Portuguesa.  Os conhecimentos musicais dos candidatos serão avaliados após o ingresso no Curso e antes de iniciar o semestre letivo.  Aqueles e aquelas que demonstrarem proficiência musical compatível com os pré-requisitos dos níveis iniciais do Curso serão autorizados a cursar o eixo musical, estruturação musical e práticas interpretativas.  Discentes sem conhecimento musical sistematizado serão recomendados a cursar o Programa de Nivelamento Musical, oferecido gratuitamente, em horário vespertino, reeditado a cada semestre. As horas cursadas podem ser validadas para o currículo como parte das Atividades Acadêmicas Complementares (AAC).

b)   Transferência de Curso – O aluno ou aluna que estiver cursando regularmente outra graduação de área de conhecimento afim, na Faculdades EST ou em qualquer outra instituição de ensino superior, poderá solicitar transferência de seu curso para a Licenciatura em Música. Mesmo não havendo necessidade de realizar o Processo Seletivo, os futuros e futuras discentes serão avaliados e avaliadas quanto aos seus conhecimentos musicais. Para que a transferência de graduação seja viável, o Curso deverá ter vagas disponíveis.  A documentação necessária para efetivar este processo encontra-se à disposição na Secretaria Acadêmica da Faculdades EST das e dos interessados.

c)   Ingresso de Diplomado/a – quem já possui uma graduação, em qualquer área de conhecimento, pode solicitar ingresso no Curso, sem passar pelo Processo Seletivo.  Da mesma forma, as e os graduados serão musicalmente avaliados/as antes de iniciarem seus estudos. Além da apresentação do diploma, em nível superior, será exigido o histórico escolar.  Componentes curriculares já cursados e listados no histórico escolar poderão ser validados, desde que cumpram os requisitos previstos na forma da Lei.

d)   As e os egressos dos cursos Técnicos em Música, ESEP, da Faculdades EST, estão isentos da avaliação musical prévia, sendo a eles e a elas concedidos a oportunidade de realizar prova de proficiência – eixo musical – para avanço de nível.  

O acesso ao Curso poderá se dar pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), programa do Ministério da Educação que oferece bolsas integrais e parciais para discentes regularmente matriculados/as na Faculdades EST. Para participar da seleção é obrigatória a participação no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Inscrições: São realizadas duas vezes por ano. Geralmente em janeiro, para as vagas referentes ao primeiro semestre, e em julho, para as vagas referentes ao segundo semestre. Ainda há a possibilidade de utilização do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio como forma de seleção para ingresso no curso superior, inclusive como forma de cumprimento da exigência relativa à prova de redação em língua portuguesa.

Documentos


Corpo docente


Titulação máxima: Mestrado

Titulação máxima: Mestrado

Titulação máxima: Mestrado

Currículo Lattes

Titulação máxima: Doutorado

Currículo Lattes

Titulação máxima: Especialização

Currículo Lattes

Titulação máxima: Doutorado

Currículo Lattes

Titulação máxima: Doutorado

Currículo Lattes

Titulação máxima: Mestrado

Currículo Lattes

Titulação máxima: Mestrado

Titulação máxima: Mestrado

Currículo Lattes

Titulação máxima: Especialização

Estrutura curricular


O Curso de licenciatura em Música compreende:

Quatrocentas e oitenta (480) horas de práticas educativas distribuídas nos seguintes componentes curriculares, a saber: Musicopedagogia Infantil;  Musicopedagogia Infantojuvenil;   Andropedagogia Musical; Musicopedagogia nas Diversidades; Intervenções Musicopedagógicas Infantis; Intervenções Musicopedagógica Infantojuvenis; Intervenções Andromusicopedagógicas e Intervenções Musicopedagógicas Inclusivas.

Quatrocentas e cinco (405) horas dedicadas aos estágios supervisionados em Música. Integram atividades práticas nos diferentes campos de atuação, realizadas sob a responsabilidade de um ou de uma docente. São organizados em oito níveis, da Observação ao Planejamento, passando pela Intervenção Acompanhada até a Intervenção Autônoma, a saber: a) nível 1 - observação e planejamento pedagógico musical com crianças; b) nível 2 -  observação e planejamento pedagógico musical com púberes e adolescentes; c) nível 3 - observação e planejamento pedagógico musical com adultos; d) nível 4 - observação e planejamento pedagógico musical na inclusão social; e) nível 5 - ações musicopedagógicas na Educação Infantil e anos iniciais da educação básica; f) nível 6 - ações musicopedagógicas com jovens que cursam os anos finais do ensino fundamental; g) nível 7 - ações musicopedagógicas na Educação de Jovens e Adultos; h) nível 8 - ações musicopedagógicas na inclusão social.

Duas mil, cento e quinze (2.115) cinco horas dedicadas às atividades formativas teórico-práticas, a saber: Composição e Arranjos Musicopedagógicos I-II; Desenvolvimento Humano I-IV; Direitos Humanos, Relações Étnico-raciais e Diversidade; Ética e Gestão Profissional; Fundamentos da Educação e da Didática; História e Cultura Musical I – III; Libras;  Linguagem e Estruturação Musical I-VIII; Metodologia da Pesquisa; Metodologia da Pesquisa em Música; Políticas e Gestão da Educação Básica; Práticas Interpretativas I-VIII; Psicologia da Música; Tecnologias e Inovações em Música I-II e Trabalho de Conclusão de Curso, incluindo um recital de formatura.

Duzentas (200) horas de atividades acadêmicas complementares, de natureza teórico-prática de aprofundamento em áreas específicas eleitas a partir do interesse discente, realizadas por meio da iniciação científica, da iniciação à docência, da extensão e da monitoria, entre outras, consoante ao Projeto Pedagógico de Curso. 

 

Parceiros

  • Escola Sinodal de Educação Profissional (ESEP) (Estágios em Cursos Técnicos em Música)
  • Clínica-escola de Musicoterapia da Faculdades EST (Estágios com Inclusão e Problemas de Aprendizagem)
  • Pingo de Gente – Centro de Educação Infantil/NH (Estágios com bebês e crianças.  Projetos de Musicalização)
  • Escolas municipais de São Leopoldo – Pibid/EST
  • Projetos de Ação Social da Faculdades EST (Diversidade)
  • Escolas da Rede Sinodal de Educação (Ensino Regular)
por

Ficou interessado/a neste curso?

Fique por dentro de tudo o que acontece na Licenciatura em Música. Preencha o seu endereço de e-mail no campo ao lado para que possamos lhe enviar mais informações. Prometemos não enviar SPAM´s nem tampouco divulgar o seu endereço para terceiros.

Coordenação


Coordenação

Coordenadora: Laura Franch Schmidt da Silva é Licenciada em Música (UFRGS), especialista em Musicoterapia (Universidade FEEVALE), mestre em Música – Educação Musical (UFRGS), doutora em Teologia – Educação e Música (PPG/EST). Implantou e consolidou o Licenciatura em Música e a Licenciatura em Música (Faculdades EST).

Docente no curso de Licenciatura em Música, no Licenciatura em Música e no Mestrado Profissional. Na extensão promove e coordena cursos e atividades musicais. Como pesquisadora, integra o grupo Música, Educação e Saúde (MusEduS), na coordenação da linha de pesquisa “Linguagem Musical”.

Currículo Lattes

Central de Relacionamento


(51) 2111-1400
(51) 9 9871-7685
relacionamento@est.edu.br
faculdades..est
faculdadesest