Notícias

Fique por dentro de tudo o que acontece na Faculdades EST.

Pesquisa busca sensibilizar a comunidade sobre o extermínio de jovens


Pesquisa busca sensibilizar a comunidade sobre o extermínio de jovens

O reitor da Faculdades EST, Dr. Oneide Bobsin, e a secretária executiva do Programa de Apoio a Meninos e Meninas (PROAME), Odete Zanchet, assinaram, na sexta-feira, 13, termo de parceria para a execução de projeto de pesquisa  desenvolvido através do Programa de Gênero e Religião.

Liderado pelo pesquisador Dr. André Musskopf, a finalidade da pesquisa é realizar um diagnóstico sobre o extermínio de adolescentes e jovens na Região Leste e Nordeste do Município de São Leopoldo, identificando a relação dos homicídios com a situação de rua, a exploração sexual, a pobreza e o envolvimento com drogas. Ao final da pesquisa, os dados serão sistematizados e o resultado fará parte de uma publicação, gerando impacto tanto em relação à pesquisa acadêmica quanto à proposição de políticas públicas.

Inserida no contexto dos projetos “Pelo Direito de Viver com Dignidade” e “Comunidade Ativa”, a pesquisa liderada por Musskopf pretende servir de subsídio para a realização de campanhas em São Leopoldo sobre o direito de viver com dignidade, buscando sensibilizar a comunidade sobre o extermínio de adolescentes e jovens.

Segundo o Mapa da Violência 2010, São Leopoldo integra o ranking das 300 cidades mais violentas do Brasil e a sétima mais violenta do Rio Grande do Sul.  O extermínio de adolescentes e jovens atinge, principalmente, os do sexo masculino, negros e moradores de periferias empobrecidas economicamente.

Relatório da UNICEF divulgado em 2011 revelou também que o homicídio corresponde à primeira causa de morte entre meninos e meninas de 12 a 18 anos. Em média, 11 adolescentes são assassinados por dia no Brasil.

O PROAME, que comemorou 25 anos de história no último mês de agosto, atua na mobilização social, atendimento técnico, vigilância social e incidência política, desenvolvendo ações voltadas à defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes. Em 1990, a organização teve participação importante no processo de implantação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O Programa de Gênero e Religião, herdeiro da Cátedra de Teologia Feminista criada na Faculdades EST em 1991, tem fomentado a produção de conhecimento sobre temáticas diversas a partir dos aportes teóricos e metodológicos das teorias feministas e de gênero.

Jornalista responsável: Micael Vier Behs


Fique por dentro


Fique por dentro do que acontece na Faculdades EST. Confira abaixo as últimas notícias:

Receba novidades da Faculdades EST por e-mail

Fique por dentro de tudo o que acontece na Faculdades EST. Preencha o seu endereço de e-mail no campo ao lado para que possamos lhe enviar mais informações. Prometemos não enviar SPAM´s nem tampouco divulgar o seu endereço para terceiros.