Notícias

Fique por dentro de tudo o que acontece na Faculdades EST.

Cine-teológico: Homens e Deuses


Cine-teológico: Homens e Deuses

“Senhor, abre os meus lábios e a minha boca proclamará os teus louvores!” Seguindo a tradição monástica, o filme Homens e deuses, do diretor francês Xavier Beauvois, inicia com as mesmas palavras recitadas a cada manhã nos mosteiros pelo mundo afora. É a liturgia que conduz às primeiras cenas e que aparecerá como o fio condutor que leva de uma cena a outra.

Diante dos olhos de cada espectador, de cada espectadora, vão se entretecendo os fios da vida, da liturgia, da Palavra e do silêncio que permeavam uma comunidade monástica trapista em Tibhirine, na Argélia da década de 1990. Fruto do desejo de monges franceses de servir à nação que outrora fora oprimida pelos seus antepassados, o Mosteiro de Nossa Senhora de Atlas estava profundamente ligado à comunidade islâmica da região. Era um lugar de amparo para as pessoas que viviam ao seu redor.

Como toda Argélia, a partir da década de 1980, também Tibhirine foi assolada pela onda de terror perpetrada por grupos islâmicos fundamentalistas, que se opunham principalmente a minorias não muçulmanas. O mosteiro de Atlas experimentou o impacto dessa onda no Natal de 1993, quando um grupo armado ameaçou a comunidade trapista, caso não deixassem em breve o país.

Partir e deixar o vilarejo desamparado ou ficar e arriscar a vida? Eis o dilema que ocupa a consciência de cada monge no transcorrer das cenas. Eis o dilema que certamente deve ter impactado milhões de pessoas que já assistiram o filme e que se ocuparam com a história deste martírio.

Na intenção de trazer também para a Faculdades EST uma reflexão sobre este “ícone da paixão”, realizou-se na sexta-feira, 27 de abril, um cine-teológico para assistir e debater o filme. A iniciativa teve como debatedores a professora da EST, Dra. Karin Hellen K. Wondracek, o doutorando Renato Machado e o mestrando Claudio Böning, ambos do PPG-EST.

As impressões compartilhadas sobre o filme enriqueceram em grande medida a compreensão de comunhão, de discipulado, de Cruz e ressurreição. Há muito ainda para falar sobre o assunto. Além disso, o filme também desperta a necessidade de parar, de meditar, nas palavras do Prof. Dr. Júlio Adam “quando fé e vida, liturgia e ética se entrecruzam o mundo para... e depois muda! ‘Homens e deuses’ é um filme que nos relata um destes raros momentos na história da Igreja... Por isso precisamos parar!”

A iniciativa do cine-teológico foi do mestrando Claudio Böning e do prof. Dr. Júlio C. Adam, e contou com a participação um bom grupo de alunos e alguns professores. Para o segundo semestre, planja-se novos cine-teológicos.


Fique por dentro


Fique por dentro do que acontece na Faculdades EST. Confira abaixo as últimas notícias:

  • Salão de pesquisa debate internet e seus recursos

  • Visitas de destaque na Faculdades EST

  • Prêmio CAPES de Tese concede menção honrosa para estudante da Faculdades EST

  • Faculdades EST forma turma de Bibliologistas

  • Grupo Anima se apresenta em Santa Cruz do Sul

  • ELCA e Igreja Sueca participam do VI Congresso Latino-Americano de Gênero e Religião

  • Fórum Estadual de Ensino Religioso debate a disciplina nas escolas estaduais

  • Estudantes de Teologia debatem Metas Missionárias com secretário de Missão da IECLB

  • Maurício Marques integra a programação do maior concerto de violão do Brasil

  • Luisa Gonçalves - Conheça a estudante da Faculdades EST que está conquistando o seu espaço no cenário musical da região

  • Intercâmbio Acadêmico 2020

  • Faculdades EST lamenta o falecimento do Pastor Rolf Droste

Receba novidades da Faculdades EST por e-mail

Fique por dentro de tudo o que acontece na Faculdades EST. Preencha o seu endereço de e-mail no campo ao lado para que possamos lhe enviar mais informações. Prometemos não enviar SPAM´s nem tampouco divulgar o seu endereço para terceiros.