Notícias

Fique por dentro de tudo o que acontece na Faculdades EST.

Chega ao final o Mestrado Interinstitucional (MINTER)


Chega ao final o Mestrado Interinstitucional (MINTER)

O processo de realização de um projeto como o Mestrado Interinstitucional (MINTER) é longo. O primeiro passo é estar atento aos prazos dos editais lançados pelas agências de fomento, depois é necessário verificar se a instituição está apta a receber o investimento oferecido. Em seguida acontece a elaboração do projeto, geralmente um trabalho árduo, que envolve muitas mãos. No caso do MINTER, especificamente, mãos que conversam durante meses, encurtando as distâncias com a troca de e-mails e reuniões via internet.

 Segundo o portal da CAPES, a função de um Mestrado Interinstitucional, seja ele a nível nacional ou internacional, é permitir a utilização das competências de programas de pós-graduação com nota igual ou superior a 5 e reconhecidos pelo CNE/MEC. De tal forma que, com base nessa estruturada de cooperação interinstitucional, seja viabilizada a formação de mestres em regiões que se encontram fora dos centros consolidados em ensino e pesquisa. “O objetivo da CAPES, com esse tipo de incentivo, é assegurar que um programa em excelência consiga colaborar com o desenvolvimento da pesquisa no Brasil, principalmente em regiões onde há necessidade, como as regiões norte e nordeste do país”, esclareceu o Prof. Dr.

Wilhelm Wachholz, Coordenador do Programa de Pós-Graduação da Faculdades EST.

A parceria com a FBB

Nesse sentido, foi firmado um projeto com a Faculdade Batista Brasileira, com sede em Salvador, na Bahia. No projeto realizado, a justificativa salienta o fato de que a cidade carece de oportunidades de aprimoramento através de cursos de pós-gradução stricto sensu.  “Salvador, como capital da Bahia, compreende um histórico e grande centro urbano, com grande diversidade religiosa, numa convivência não poucas vezes conflituosa, número considerável de cursos de Teologia, cinco deles, inclusive, reconhecidos pelo MEC, o que implica numa melhor e constante busca pela excelência acadêmica e profissional. Contudo, inexiste pós-graduação stricto sensu nesta área que permitisse o aprimoramento dos(as) professores(as) de Ensino Superior e profissionais religiosos, além de professor(as) do Ensino Fundamental e Médio que queiram aprofundar-se na área de Religião e Educação e de questões religiosas de modo geral.”

A relevância da proposta também salientou a história da Faculdade Batista Brasileira, que tem procurado oferecer aos seus discentes uma oportunidade de reflexão acadêmica, interagindo o pensar teológico com as demais ciências afins, a fim de equipar, com qualidade, os futuros profissionais na área religiosa e de outras áreas. O corpo docente qualificado e em contínuo crescimento ficou entusiasmado com o projeto. A FBB foi a primeira instituição a oferecer à sociedade baiana um mestrado em Teologia na modalidade MINTER, como instituição receptora, o que representa um marco histórico, além do diferencial teológico-acadêmico. “A própria FBB tinha um grande interesse nesse projeto Minter para qualificar o seu quadro docente”, sinalizou o Prof. Wachholz.

Impacto da Proposta

Percebeu-se que, na cidade de Salvador, e porque não dizer no Estado da Bahia, havia uma enorme demanda por cursos dessa natureza, que buscavam a excelência acadêmica, a seriedade administrativa, o intercâmbio interdisciplinar, um espaço ecumênico saudável e uma presença institucional que exercesse influência na sociedade, através de responsabilidade acadêmica, religiosa, ético-moral e social. Evidenciando-se como um programa consolidado, o PPG-EST se propôs, através do MINTER com a FBB apoiar a capacitação de docentes na área de sua especialidade no Estado baiano, oferecer subsídios para o desenvolvimento de pesquisa em alto nível na região, potencializando a criação de um eventual futuro Programa de Pós-Graduação em Teologia em nível acadêmico, considerando a inexistência de uma pós-graduação com este caráter no estado da Bahia.

Disciplinas e Metodologia

O projeto MINTER teve duração de 24 meses. Durante o primeiro semestre do projeto (2012-2) foram lecionadas as seguintes disciplinas: Religião e Educação na América Latina, com o Prof. Dr. Rudolf von Sinner; Teorias de Currículo, com a Profa. Dra. Laude Brandenburg; Fundamentos e Tendências da Educação, com o Prof. Dr. Remí Klein; e Seminário de Metodologia, com a Profa. Dra. Gisela Streck.

No segundo semestre do projeto (2013-1) foram lecionadas as disciplinas de

Metodologia do Ensino Superior, com o Prof. Dr. Remí Klein; Personalidade e Fé Através dos Ciclos da Vida, com a Profa. Dra. Gisela Streck; e Hermenêutica, com o Prof. Dr. Wilhelm Wachholz.

O terceiro semestre do projeto teve o Seminário de Pesquisa e a orientação individual. E no início do último semestre do projeto (2014-1), os alunos participaram do Exame de Qualificação e da supervisão da pesquisa. Ainda no final deste mesmo semestre realizaram a Defesa Pública de Dissertação de Mestrado. Essas últimas atividades (Seminário de Pesquisa, Exame de Qualificação e Defesa Pública) ocorreram de forma presencial no campus da Faculdades EST. “Esse período foi muito importante, também, para a imersão deles na Biblioteca da EST, que é uma referência no Brasil e na América Latina”, salientou o Prof. Wachholz.

O grupo discente

O grupo de discente deste projeto esteve ligado à área de concentração "Religião e Educação", na linha de pesquisa "Fenômeno Religioso e Práxis Educativa na América Latina". Conforme o texto do projeto, a área de concentração desenvolve a pesquisa interdisciplinar sobre a relação entre religião e educação no contexto latino-americano com ênfase na formação continuada de educadores e na formação de pesquisadores. “Focaliza a relação entre as diferentes manifestações do fenômeno religioso e a práxis educativa escolar, eclesial e dos movimentos sociais." Na linha de pesquisa "realizam-se pesquisas sobre a relação entre o fenômeno religioso e a educação em suas múltiplas formas e interfaces, compreendendo a análise das políticas, processos e práticas educativas, num enfoque interdisciplinar, na perspectiva da Teologia e da Educação com atenção para a práxis educativa das denominações religiosas, das instituições escolares e dos movimentos sociais na América Latina."

O projeto contou com a participação inicial de 19 discentes, em sua maioria professores e professoras da Faculdade Batista Brasileira em busca de conhecimento, sendo que a maioria já finalizou e defendeu em banca suas Dissertações.

Os discentes destacam o MINTER como uma experiência única, tanto pelo viés acadêmico quanto pelo crescimento pessoal. “Resumo o MINTER em duas palavras: aprimoramento e realização. Uma experiência que, de fato, valeu a pena”, disse Mateus L. de Souza. “Foi uma extraordinária experiência em minha vida acadêmica e como docente”, sinalizou Nilton Marinho, que ainda descobriu no contato com os docentes do MINTER em Salvador e em São Leopoldo o desejo de se tornar um escritor. “Foi uma oportunidade única para me atrever ao saber. O MINTER possibilitou orientar-me pela racionalidade e pela coragem, transformando-me em uma ponte entre a pedagogia e a teologia filosófica”, reforçou Wilton Santos. “O MINTER foi uma experiência maravilhosa, com professores compromissados e competentes. A cada encontro novas experiências, novas descobertas e novos saberes. Uma oportunidade ímpar de desenvolvimento tanto pessoal como acadêmico”, salientou Jussara Marques Hübner. “O MINTER foi uma experiência gratificante e uma oportunidade ímpar para ampliar os estudos acadêmicos em Salvador. Acredito que iniciativas como essa, expandidas em todos os estados, permitirá o acesso aos níveis mais elevados de ensino e ampliará a pesquisa científica. Agradeço o empenho de todos os docentes dessa respeitada instituição, a dedicação, partilha e respeito apresentados ao longo do curso”, disse Marilene Ferreira, sobre projeto que possibilitou a difusão de conhecimentos e crescimento acadêmico.

Discentes, docentes orientadores(as) e respectivos temas de Dissertações já defendidas são os seguintes:

Fernando Antonio Nogueira Miranda (Prof.ª Dr.ª Laude Brandenburg): A interdisciplinaridade no ensino superior: um estudo de caso do projeto interdisciplinar da faculdade batista brasileira, especificamente no curso de administração de empresas

Mateus Lima de Souza (Prof. Dr. Vítor Westhelle): Pentecostalismo e arte: uma análise no contexto brasileiro

Nívea Amazonas Pereira Bastos (Prof. Dr. Remí Klein): As possíveis consequências da declaração de (in)constitucionalidade do ensino religioso público pelo supremo tribunal federal na ação direta de inconstitucionalidade nº 4439/2010

Reginaldo de Souza Brito (Prof. Dr. Júlio Adam): As tecnologias digitais de comunicação e informação: influencias e possibilidades para um novo entendimento da expressão da religiosidade na atualidade

Ariadenes Alves Santos de Oliveira (Prof.ª Dr.ª Laude Brandenburg): Limites e Possibilidades de Atuação do Setor Financeiro em Mediar os Conflitos Jurídico-Sociais nas IES: um estudo de caso

Claudio Moreira da Silva (Prof.ª Dr.ª Gisela Streck): Educação: direitos humanos e prática docente no ensino superior do Brasil

Rosival Sanches Meneses (Prof. Dr. Remí Klein): O ensino religioso na escola como elemento indispensável na formação integral do ser humano

Jone Nunes (Prof. Dr. Vitor Westhelle): O discurso do poder-saber em Michel Foucault: reflexão sobre a sexualidade na igreja cristã e sua educação religiosa

Jussara Marques Hübner (Prof. Dr. Rudolf von Sinner): Cultura de paz, um caminho de esperança para a educação

Marilene Ferreira dos Santos (Prof.ª Dr.ª Laude Erandi Brandenburg): Os desafios da inclusão e a prática docente no nível superior – uma questão de direito fundamental

Nilton Pereira Marinho (Prof. Dr. Remí Klein): A educação para o diálogo inter-religioso na escola pública brasileira: uma aliada à cultura da paz

Wilton Lima dos Santos (Prof. Dr. Oneide Bobsin): A alma e o livre – arbítrio em santo agostinho: uma trajetória da pedagogia do circuitum nostrum

O futuro

Segundo o Prof. Dr. Wilhelm Wachholz outras instituições, de diferentes locais do Brasil, estão procurando o PPG-EST para a realização de outros projetos MINTER, dentro da perspectiva de estabelecer vínculos solidários, como é o caso deste projeto. “Por vezes, critérios legais ou características destas instituições não tem permitido avançar nos planejamentos para parcerias. Ainda assim, apresentam-se, desde logo, instituições potenciais que permitem ao PPG-EST firmar uma nova parceria para oferta de MINTER já partir de 2015”, salienta.

Jornalista responsável: Mariana Bastian Tramontini


Fique por dentro


Fique por dentro do que acontece na Faculdades EST. Confira abaixo as últimas notícias:

Receba novidades da Faculdades EST por e-mail

Fique por dentro de tudo o que acontece na Faculdades EST. Preencha o seu endereço de e-mail no campo ao lado para que possamos lhe enviar mais informações. Prometemos não enviar SPAM´s nem tampouco divulgar o seu endereço para terceiros.